Espaço

Informações

Viver em sociedade

Eugenio Mussak é professor do MBA da FIA e consultor de Sapiens Sapiens

Ando preocupado com minha conduta perante as demandas da vida em sociedade. Por quê? Porque viver em sociedade, na empresa, no condomínio, no aeroporto, no clube, na rua, requer duas qualidades fundamentais: respeito e tolerância, e acho que ultimamente tenho perdido um pouco da segunda.

Do ponto de vista da ética das relações, respeitar tem o significado de não se apropriar do que é do outro, seja um valor material, seja um valor imaterial. Respeitar significa “lançar um novo olhar”, ou “olhar duas vezes” antes de tomar uma atitude. Eu procuro fazer isso: olho e penso duas vezes antes de falar, tocar, entrar, interferir.

Respeito é bom e todo mundo gosta, diz o sábio ditado. E tolerância significa que devemos respeitar o outro que, de alguma maneira, é diferente de nós. Devemos, sim, respeitar raça, religião, origem, posição social, preferência sexual, time, qualidades do âmbito pessoal. Até aqui, tudo bem, continuo me enquadrando dentro da categoria dos tolerantes. Só que tenho andado menos tolerante com quem não tem compromisso com a primeira qualidade: o respeito.

Respeitar Significa não se apropriar do que é do outro

Ando sem paciência, confesso, com coisas assim: um sujeito utiliza o celular no restaurante e fala tão alto que poderia dispensar o aparelho para ser ouvido pelo outro; o avião pousa, os passageiros esperam o desembarque no corredor e alguém resolve colocar a mochila nas costas exigindo contorcionismo de quem está atrás dele; numa reunião, um executivo faz seu discurso, mas, quando os outros estão falando, ele aproveita para acessar seu smartphone; o e-mail, mesmo com o sinal de alta prioridade, leva dias para ser respondido; o fanático por Techno music tem certeza de que todos na rua apreciarão a potência do som de seu carrão.

Sintomas de uma sociedade que tem a doença do desrespeito. Tolerância é uma forma de respeito, sim, mas a tolerância com o desrespeito perde sua essência. Uma sociedade assim desrespeita a si mesma, banaliza a educação, embrutece as relações, diminui seu valor e compromete seu futuro. E tudo começa nos pequenos atos, que se replicam nas grandes decisões.

Você S/A/Desenvolva sua carreira/Edição 150/ Artigos – papo de líder | Viver em sociedade

Anúncios

09/05/2011 - Posted by | Espaço

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: