Espaço

Informações

Cyberdyne faz demonstração de exoesqueleto criado para ajudar pessoas com problemas motoroes

HAL foi apresentado no Cybernics International Forum deste ano.

Apresentado no Cybernics International Forum deste ano, o exoesqueleto HAL (Hybrid Assistive Limb) vem cheio de promessas e esperança para as pessoas portadoras de algum problema motor ou muscular que impede ou dificulta a locomoção. Além disso, a “roupa” melhora algumas capacidades humanas, como a força.

Criado por professores e alunos da Universidade de Tsukuba e desenvolvido pela Cyberdyne, o traje detecta, através da pele, os impulsos elétricos enviados pelo cérebro para os músculos. Em seguida, esses impulsos são enviados para os motores presentes no traje, os quais reproduzem o movimento humano.

O funcionamento em detalhes

Qualquer movimento humano tem seu início no cérebro. Quando uma pessoa tem a intenção de se mexer, sinais nervosos são enviados do cérebro para os músculos, reproduzindo o movimento desejado. Alguns sinais podem ser detectados através da pele, e é aí que o traje da Cyberdyne entra.

Utilizando sensores que estão em contato com a pele do usuário, o HAL é capaz de captar os impulsos nervosos enviados pelo cérebro. Baseado no tipo de sinal recebido, o traje é capaz de decidir quais peças movimentar, reproduzindo assim o movimento das juntas do corpo humano.

O traje completo pesa aproximadamente 23 kg e é alimentado por uma bateria com aproximadamente três horas de autonomia.

O HAL em detalhes (Fonte da imagem: Cyberdyne)

A pesquisa e suas aplicações

Segundo o professor Yoshiyuki Sankai, responsável pelo projeto, presidente e CEO da Cyberdyne, enquanto a maioria dos países e empresas estão preocupados em armamento ou melhorias para as tecnologias já existente, o Japão concentra boa parte de seus esforços em melhorar a qualidade de vida daqueles que possuem alguma dificuldade de locomoção.

Isso, de acordo com Sankai, traz um desafio ainda maior, pois não basta construir uma máquina, é preciso entender as necessidades de cada indivíduo separadamente e desenvolver uma tecnologia que consiga atender ao maior número de pessoas possível.

Demonstração do HAL

Espera-se que o HAL seja aplicado em diversas áreas. Ele pode ser usado, por exemplo, para a reabilitação de paciente que sofreram algum tipo de trauma ou ainda no apoio a trabalhos pesados em fábricas. Além disso, sempre há como utilizar a tecnologia a favor do entretenimento.

Ainda não se sabe quando o HAL estará disponível no mercado nem quanto vai custar. Os testes e as demonstrações parecem promissores, mas ainda há alguns ajustes e melhorias a fazer.

Anúncios

15/06/2011 - Posted by | Espaço

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: